quarta-feira, 14 de junho de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 13-06-2017

 
 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Amados Filhos,
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
Tempos difíceis para aqueles que não compreendem o poder do amor.
 
Cada vez mais o desamor semeia a discórdia na vida dos Filhos da Terra.
 
Muitos ainda buscam tudo ter, muitos ainda tratam irmãos de outras raças como desiguais, muitos ainda rotulam aqueles que processam outros credos, que alimentam outras crenças, que reconhecem Deus diferentemente de suas visões.
 
Triste realidade a que vive os Filhos da Terra.
 
Não existe harmonia, não existe solidariedade, não existe compreensão.
 
A separação continua presente, e no meio do caos cada um de vós busca resolver seus desafios como sempre fez, com a mente velha que separa, que distorce a realidade, que gera dúvidas, que alimenta o preconceito e a ilusão.
 
Muita luz vem sendo derramada em vosso planeta no intuito de ajudar a humanidade a acelerar seu processo de evolução, mas vossos corpos têm muita dificuldade de absorver toda essa luz, eis que continuam preenchidos da energia densa acumulada ao longo de vossas vidas, e que deveria ter sido purificada, mas que ainda permanece presente neste tempo de transformação.
 
Por um longo tempo fostes alertados das transformações planetárias em curso na vossa Mãe Terra, e da necessidade de exercitardes as mesmas transformações em vossas vidas.
 
Limpeza, purificação foram e continuam sendo palavras de ordem.
 
É preciso que possais compreender que as velhas idéias, os velhos hábitos, os velhos comportamentos, as velhas emoções sustentadas pela humanidade no mundo da ilusão não possuem mais espaço no novo mundo.
 
Sem a purificação de tudo que deu origem a separação em vosso mundo, onde o egoísmo tem sido a tônica, onde o bem estar comum sempre foi deixado de lado como um empecilho para as conquistas imediatas e efêmeras em vossas vidas, continuareis em rota de colisão com a nova realidade que se abre para toda a humanidade.
 
O novo mundo exige de vós integridade, respeito, solidariedade e muito amor; exige mudança em vosso pensar, sentir e agir; exige compromisso e responsabilidade; exige a manifestação do pleno servir; servir ao Pai Altíssimo servindo vossos irmãos, e todas as formas de vida que habitam convosco esse lindo planeta.
 
Só “serve” aquele que já exercita a transformação de seus limites, que já reconhece a identidade da essência de todos, que já compreende o que representa ser uno com o Criador, aquele que aceita mudanças, que busca a verdade, que crê na justiça divina, que se volta para o bem comum.
 
Amados, sem esses passos, difíceis passos, o vosso mundo interior e exterior continuará a ser preenchido pelo caos.
 
É tempo de curar todas as carências, em todos os níveis de vossa existência. É tempo de curar o caos que gera toda sorte de limites.
 
Não viestes a esse mundo para alimentar a falta, mas sim para resgatar a plenitude que vos pertence por direito divino.
 
É tempo de olhar em uma nova direção, aquela apontada por vossos corações, a direção do reto pensar, do reto sentir, do reto agir.
 
Deixai, pois vossas dúvidas de lado, para vos entregar aos apelos de vossos corações. Só assim podereis enxergar o verdadeiro caminho a seguir, caminho que exige renúncias, mas que oferece a liberdade de ser, o caminho da luz.
 
Fácil caminho, simples caminho, caminho que se faz revelado quando alimentais a certeza absoluta de que sois Filho de Deus.
 
Acreditais que sois Filho de Deus?
 
Se vossa resposta for sim entregai-vos a Ele, agindo como pede o vosso coração, deixando que vosso sentir flua e paute vossa conduta diária.
 
Assim dareis os passos necessários para purificar verdadeiramente toda a energia densa que ainda se apresenta em vosso dia a dia, e que se manifesta como carências em múltiplas áreas de vossa realidade.
 
E, passo a passo, permeados por toda luz que entra em vosso planeta, elevareis corpo, mente e alma para vivenciar o novo tempo, o tempo da redenção.
 
Bem amados, que vossas orações continuem sendo o combustível para despertar todos aqueles que ainda acreditam na realidade ilusória do limite, dor e sofrimento em vosso planeta.
 
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 

terça-feira, 6 de junho de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 05-06-2017

 
 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
A purificação de vosso planeta segue em um ritmo acelerado expurgando mentiras, revelando as más ações, mostrando a real face de todos que, ao longo dos anos, tem usado da dissimulação e do engodo para lesar e destruir o bem comum.
 
É preciso, pois que possais compreender este momento cósmico, compreender a purificação que se faz presente, e que trás à tona o mar de lama que foi alimentado por aqueles que só têm cultivado o egoísmo, deixando de lado tudo e todos, sem se importar com o bem comum.
 
A vida vos remete a lembrança da luz do Cristo, luz que tem o poder de eliminar o imenso abismo criado pela incompreensão do que significa ser “humano”, luz que tem o poder de dissolver o ódio e a violência, luz que acalenta somente o amor.
 
Mergulhar no amor do Cristo é banhar-se nas águas da vida, água que faz renascer o ser crístico, água que reacende a centelha divina existente em cada “humano”, água que cura toda a densidade acumulada no corpo e mente de cada Filho da Terra, água que devolve a liberdade e com ela a certeza de que a escuridão pode sim ser purificada através do acerto de contas que a vida exige, de cada ser, neste tempo de transformação.
 
O amor é a única força que pode transformar o mundo e a cada um de vós.
 
É tempo, pois de vos abrir para o amor, reconhecendo que só o amor pode vos levar a tão acalentada plenitude, plenitude que precisa transbordar e ser compartilhada com o todo.
 
Lembrai-vos que o ato de estender a mão possui dois significados, o de receber e o de compartilhar.
 
É hora, pois de compartilhar tudo aquilo que já recebestes da vida, para que possais também receber tudo aquilo de que necessitais.
 
É hora de não mais transigir com a verdade, para que a revelação da verdade possa ser cada vez mais a trilha que leva ao entendimento, e a uma nova maneira de viver.
 
 Viver para expressar a luz do Cristo, a sabedoria do Cristo, o amor do Cristo abrindo os braços para que os excluídos retornem ao espaço sagrado que une a todas as formas de vida, o espaço revelado pelo coração que nunca exclui, mas que busca a reintegração de todas as formas de vida, a tão acalentada unidade, a força que tem o poder de elevar vosso planeta e a todos vós as dimensões onde não mais existe o “eu” e o “você”, mas somente o “nós”, os Filhos da Luz que se reconhecem como iguais através da linguagem do coração.
 
Amar, incondicionalmente! Esta é a meta do ser humano neste tempo.
 
Amar sem limites, amar sem acalentar retribuição, amar como o Cristo amou amor infinito.
 
Bem amados, que o amor seja finalmente compreendido como a única virtude que leva a comunhão com Deus, e que vossas orações ecoem a pura frequência do amor, para que todos os vossos irmãos possam reconhecer o caminho a trilhar na busca da felicidade plena, o caminho do Cristo, o caminho da retidão.
 
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 

Related Posts with Thumbnails