quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 05-12-2017

 
 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
A Luz se faz presente sobre toda a humanidade, para que todos os filhos da Terra possam ativar suas mentes crísticas deixando jorrar de dentro do seu ser a sabedoria divina.
 
Sim, a sabedoria se acha disponível para ser resgatada neste tempo.
 
As forças espirituais do passado retornam abrindo a arca do saber, permitindo que o saber acumulado dentro de cada ser retorne a superfície, e com ele a compreensão de quem sois, e porque aceitastes estar encarnado neste tempo de transformação.
 
Vossas escolhas do passado permitiram a cada um de vós vivenciardes este momento único, quando o “novo”, revelado pela era da luz se instala definitivamente em vosso planeta e em vossas vidas.
 
Viver o “novo” exige de vós disciplina, fé, compreensão e muito amor em vossos corações.
 
Só assim vossos egos serão definitivamente neutralizados, dando vazão ao ser crístico que emerge da escuridão para manifestar a plenitude do Pai em vossa amada Mãe Terra.
 
Compreendei, pois que este é o momento do expurgo final para que a pureza da era da luz se mantenha em vosso mundo.
 
Olhai, pois com muita responsabilidade os acontecimentos de vossas vidas e de vosso planeta, para compreender que a purificação é imprescindível para que o “velho” seja transformado e o “novo” passe a fazer parte do dia a dia de cada um de vós.
 
É preciso compreender que o velho é tudo aquilo que foi criado pelo ser humano, ao longo das eras, despido da essência do Criador que se faz presente em vosso mundo pela manifestação do amor.
 
Vossos pensamentos, vossas emoções, vossas projeções ao longo do tempo, permeadas pelo egoísmo, transformaram vosso mundo em um campo de batalha onde o poder manipulativo tomou as rédeas de vossas existências gerando limite, dor, doenças, separação.
 
Vossa Mãe Terra quase foi dizimada pela ganância e pelo egoísmo de muitos; florestas sangraram na devastação imposta pelo homem, rios absorveram a poluição de pensamentos e detritos materiais que tornaram suas águas cada vez menos cristalinas, a terra foi contaminada por produtos que ousaram acelerar o ciclo natural da vida por ela gerada, distorcendo o ritmo da natureza, e o fogo dormente por muito tempo no âmago de vosso planeta precisou emergir, pra purificar o que o homem contaminou.
 
Assim como em vossa Mãe Terra, o fogo purificador refletido pelo sol dourado que existe latente em todos vós também precisa emergir, trazendo com ele a força do discernimento, o poder da compreensão, a luz da sabedoria, para que cada um de vós aceite o novo e permita a purificação de tudo que é velho em vós, permitindo que vossos recipientes se esvaziem, para que nele possa entrar a luz da iluminação.
 
Deixai, pois sair o velho, amados, velhos sentimentos, velhas emoções, velhos hábitos, velhas maneiras de pensar e de agir, para que possais olhar o mundo com os olhos da sabedoria que retorna, e, assim fazendo, transformar vossas vidas, mudando o foco de vossos pensamentos para aceitar somente aqueles que emergem pela ótica do amor, aceitando a verdade de que tudo em vosso mundo está interligado, e que é preciso viver em harmonia com vós mesmos para que ela se reflita no mundo, expandindo a compreensão de que toda a vida surgiu de um único Cálice, e que o retorno a Fonte só se dará quando todas as partículas de luz, existente em todas as formas de vida, se derem novamente as mãos.
 
Estendei, pois vossa mão para receber o outro, para reintegrá-lo em vosso ser, para aceitá-lo e compreendê-lo em suas múltiplas facetas, na certeza que essas facetas também fazem parte de vós, e como parte de vós precisa ser purificada e reintegrada a vossa essência, para que possa ser revelada a plenitude do Criador.
 
Bem amados, abençoai vosso momento e o momento que vive vosso planeta.
 
Enviai muito amor a todos os elementos que compõe a vida, e que precisam de muito amor para se reequilibrarem novamente, resgatando a harmonia necessária, para que o sol do amor/sabedoria alimente novamente a todos vós, deixando emergir o poder crístico que é a essência da era da luz.
 
Bem amados, que vossas orações ajudem a todos os vossos irmãos que buscam a compreensão, buscam o sentido maior da vida, para que todos possam novamente compreender que a vida de cada um reflete a vida de todos vós.
 
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 


terça-feira, 28 de novembro de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 20-11-2017

 
 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Amados Filhos
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
A luz da compreensão se faz presente em todas as mentes e corações tornando visível tudo que necessita ser reconhecido, curado e transformado em vossas vidas.
 
De nada adianta ignorar essa verdade, colocando uma venda nos olhos como forma de continuar na inércia que vos mantém atados a uma realidade que não mais existe em vosso plano de aprendizado.
 
A ignorância gera confusão, gera doenças, gera sofrimento, gera desequilíbrio em um momento onde a temperança deve nortear vossos dia a dia, para que o coração vos aponte o caminho da transformação.
 
Transformar vossos limites no ilimitado para que vossos sonhos se tornem realidade, para que vossas vidas possam ser pautadas na luz da verdade, para que vossos relacionamentos sejam a ferramenta para a unificação das polaridades, para que vosso planeta possa respirar as bênçãos de compreensão e perdão que devem estar presentes nas mentes e corações dos Filhos da Terra.
 
As mudanças aí estão, cristalinas, e necessitam ser implementadas para que a vida floresça exalando a liberdade tão procurada por aqueles que lutam para soltar suas amarras e seguir em frente pelo comando de suas almas.
 
Esse é o caminho, essa é a escolha a fazer para honrar o compromisso que assumistes quando escolhestes exercitar vosso aprendizado nas entranhas da Mãe Terra.
 
Soltai, pois as amarras que vos prendem ainda a pessoas, coisas, situações.
 
Ousai assumir o comando de vossas vidas pela vontade de vossas almas, ousai dizer não para tudo aquilo que não se reveste de luz, ousai reconhecer os passos a dar para concretizá-los sem medo, seguros de que quando a luz está no comando à vida somente pode prosperar.
 
O medo ainda faz parte da realidade dos Filhos da Terra.
 
Medo do desconhecido, medo das mudanças, medo da falta, medo da dor e da doença, medo, medo, medo de existir.
 
Sois filhos do amor, amados, e o amor é luz, o amor dissipa a escuridão, o amor alimenta a certeza, o amor mostra o caminho, o amor dissolve os limites, o amor trás de volta a alegria de viver.
 
Abraçai o amor, amados, abrindo vossos corações, deixando que a luz que se faz presente em vossas vidas ilumine tudo e todos, permitindo, para aqueles que ainda estão mergulhados na escuridão, a possibilidade de enxergarem, através de vós, os passos a dar, o caminho a trilhar até que possam fazer suas escolhas livres de qualquer dúvida que dissipa a confiança.
 
Sois os exemplos a seguir, amados.
 
É hora, pois de assumir quem sois e cumprir vossa missão, para que as mudanças aconteçam em vossa Mãe Terra e em todos os seus filhos, para que o caminho se alargue, para que a linha do horizonte seja finalmente visualizada por todas as formas de vida, o horizonte que mostra a infinitude da vida, que revela a divindade sempre presente, através da imensidão dos céus e da terra, que trás a esperança de um novo porvir.
 
O porvir do mundo novo, onde a separação não mais existe, onde raças e religiões se revelam na unidade do amor, onde os filhos da Terra nascem e renascem em um mundo onde inexistem fronteiras, inexistem divisões, inexiste a escuridão.
 
Bem amados, mais um Natal de Renascimento se aproxima, mais uma oportunidade de nascer para o novo.
 
Preparai, pois vossos corpos, mentes e corações, buscando trazer à tona o que precisa ser purificado, aceitando as transformações que a vida vos oferece na certeza que é preciso se despojar do velho, para que o novo encontre espaço para se instalar definitivamente em vossas mentes e corações.
 
Novas e infinitas realidades estão abertas para todos vós. Aproveitai esta oportunidade para que possais pautar vossas vidas na luz maior de Deus-Pai-Mãe, que vos fala sempre através da linguagem de vossos corações.
 
Que vossos esforços deem frutos, e que esses frutos possam ser compartilhados com todos os vossos irmãos que ainda não encontraram o caminho da luz.
 
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 


terça-feira, 14 de novembro de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 14-11-2017

 
 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Amados Filhos,
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
O caminho se estreita cada vez mais exigindo a liberação de tudo que é supérfluo para a conclusão de vossas jornadas.
 
Difícil tempo, doloroso momento que vos levam a novas escolhas, escolhas incompatíveis com apegos e qualquer outro tipo de amarras que vos seguram no mundo da ilusão.
 
Não lutai mais contra as transformações com que vos deparais no dia a dia, eis que elas necessitam ser implementadas para que possa haver continuidade em vossas evoluções.
 
O mundo que habitais é estreito e escuro, não vos deixando espaço para que possais alçar voo rumo ao mundo que não mais está contido dentro de limites, o novo mundo porque tanto ansiais.
 
Somente através de vossos esforços conscientes, para retirar as camadas e camadas de escuridão que vos envolvem, e que envolvem vosso mundo, podereis reencontrar o túnel que vos permite a passagem para as novas dimensões onde a luz se faz presente, diuturnamente, onde espaço e tempo se fundem para revelar o aqui e agora.
 
Sim, o aqui e agora onde a plenitude se traduz em tudo que precisais para ser feliz, onde não existe o “outro”, mas sim o nós, onde a compreensão dos múltiplos universos se faz presente, onde irmãos de outras esferas são reconhecidos e se tornam bem-vindos, onde a verdade impera e o amor constrói.
 
Chega de dor, amados, chega de sofrimento, chega de separação, de doenças e de guerras.
 
É tempo de reconhecer e colocar em prática a verdade de que este planeta que vos abriga é de todos, de todas as formas de vida que nele habitam, e que atentar contra essa verdade é ir contra a Justiça Divina que aí está para vos lembrar que, como irmãos e filhos do mesmo Pai, todos têm os mesmos direitos e as mesmas obrigações.
 
Viver em paz, respeitando o espaço sagrado oferecido por Vossa Mãe Terra a todos, viver em harmonia, lembrando sempre que todos têm o mesmo direito de manifestar suas opiniões, viver em fraternidade buscando suprir a falta do outro onde a abundância é plena em vós, viver sem medo, sabendo que tudo que existe é uma extensão de vós, e se sois uma manifestação da luz tudo a vossa volta é luz.
 
Não é tempo mais de pensar que tudo isso é utopia, que viestes para sobreviver à luta insana que o mundo do caos vos oferece, buscando vossa felicidade em detrimento da felicidade daqueles que vos cercam.
 
Não amados, vossa felicidade está contida na felicidade que o “todo” pode com vós compartilhar.
 
Se não trabalhais pelo “todo” jamais tereis dele a totalidade do que necessitais para ser feliz.
 
Essa é a verdade maior; só colhe aquele que planta, e a colheita nunca pode ser diferente do contido nas sementes que plantais.
 
Acordai, amados, acordai para viver essa nova realidade; acordai para dissolver a camada de egoísmo que por eons vos envolveu em um casulo frio e escuro onde nada pode prosperar.
 
Na escuridão e na escassez não podereis encontrar luz e plenitude.
 
Buscai, pois mudar vossas vidas, começando por mudar vossos pensamentos, não dando espaço para que a negatividade e o egoísmo permeiem vossas mentes, decretando a cada momento que sois luz, e a luz não contém nada além de amor.
 
Assim agindo logo percebereis com vossos corações se abrem para tudo acolher, e assim fazendo abrir espaço para a solidariedade, para a fraternidade e para a compaixão.
 
É assim que o sol voltará a brilhar para todos vós, é assim que vossas ações refletirão a unidade necessária para que, unidos, possais ancorar nesse vosso lindo planeta o tempo da redenção.
 
Bem amados, esta é a nova consciência que trará à tona a realidade que vos trouxe a este planeta por tantas vidas, para reaprender o significado da palavra “Amor”, e recuperando essa frequência manifestá-la no dia a dia e, assim, ser feliz.
 
Bem amados, que vossas orações continuem sendo o combustível para alimentar a consciência de todos os vossos irmãos, para que nenhum deles desperdice esta oportunidade de mudar, e na mudança reencontrar o caminho da luz.
 
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 


quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 07-11-2017

 
 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Amados Filhos,
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
É tempo de liberar o medo, amados!
 
O medo surgiu quando o amor foi se afastando de vossos corações e de vossas vidas; a compreensão de vossas missões deixou de ser clara e a insegurança tomou conta de vossas vidas.
 
A dúvida dos passos a dar gerou a incerteza no futuro, e vosso presente passou a ser vivenciado nas lembranças de um passado fracionado pelas muitas e muitas encarnações de vossas almas.
 
A confusão tomou conta de vossas vidas, e refletiu-se em vossa realidade; o medo se instalou soberano gerando combustível para o egoísmo e para a ilusão de que o sofrimento era necessário para tornar-vos merecedores da vida eterna.
 
A vida é eterna, amados! É tempo de reconhecer que vossas almas são partículas de uma mesma essência, a essência do Criador que vos criou para que pudesses reconhecer, na aparente separação refletida no mundo da ilusão, a unidade da vida, unidade que se reflete pela comunhão de todos os seres habitantes de vosso planeta.
 
Voltai, pois a essência do que sois, amados!
 
Voltai à semente para que possais reconhecer que a vida é o reflexo do amor do Pai, não do medo.
 
O Pai desconhece qualquer energia que não seja amor e seus filhos, todos vós habitantes da Mãe Terra, tem o poder e o dever de refletir esse amor, preenchendo com sua vibração todos os espaços, para que o medo se dissolva e revele o verdadeiro viver.
 
Sim, o verdadeiro viver é pleno, constante, alegre, saudável, próspero e feliz.
 
Viver é uma dádiva concedida pelo Pai a todos os seus filhos, para que todos reconheçam, na dualidade, as duas faces de uma mesma moeda, o amor – que vem acompanhado da plenitude do ser – e a dor – que se faz acompanhar pela dúvida que gera guerras, sofrimento, discórdia e escassez.
 
Tendes o livre-arbítrio, amados, para escolher entre essas duas faces.
 
Tendes o poder que revela a sabedoria para concretizardes o vosso propósito.
 
Utilizai, pois vosso poder para dissolver o medo que limita o vosso viver.
 
É tempo de olhar para vossos desafios não como castigos que vos fazem sofrer, mas sim como oportunidades de galgardes mais um degrau na busca de tornar realidade o viver com amor, viver para o amor, viver em gratidão.
 
O amor só pode preencher vossas vidas quando escolherdes não mais dar vazão ao egoísmo e a ingratidão, para exercitar com muita determinação o propósito que vos trouxe ao mundo da ilusão, revelar a plenitude do que sois para vivenciar a felicidade que tendes direito como filho do Criador.
 
Escolhei, pois liberar as camadas e camadas de escuridão que envolve vosso ser trazendo-vos somente dor, limite e escassez.
 
Buscai a luz contida em cada forma de vida que convive convosco na Mãe Terra, vendo em todos parte do que sois, compreendendo que o outro reflete o que sois e por consequência precisa ser compreendido e amado, porque só o amor tem o poder de mudar.
 
Mudar vossa realidade, mudando vosso comportamento, reconhecendo que vossa ansiedade pode ser dissolvida na compreensão que exige de vós colocar em cada pensamento, cada emoção, cada ação, o amor que jaz enterrado no âmago do vosso ser e que necessita vir à tona para ser compartilhado, gerando a transformação necessária para que o mundo volte a refletir a unidade do Criador.
 
Uni-vos, pois, abraçando todos os povos, todas as raças, todas as religiões; o abraço tem o poder de unir eis que o abraço reflete a unidade das batidas de todos os corações, corações que se comunicam e que se alimentam da compreensão de cada ser.
 
O mundo precisa de amor não de medo.
 
Ajudai a alimentar o amor no mundo mostrando através do amor revelado por vossos corações que é possível sim reunir os apostos, transformar em paz todo o ódio que alimenta a separação e as guerras, dissolvendo as fronteiras criadas pela mão do homem, para que a riqueza e a pobreza se equilibrem e reflitam a verdade de que tudo é para todos, porque tudo vem de Deus para todos os seus filhos sem nenhuma distinção.
 
Bem amados, buscai o equilíbrio em vossas atitudes, e que esse equilíbrio seja o reflexo do equilíbrio de vossas mentes e corações que não mais admitem qualquer tipo de escassez na vida dos Filhos da Terra.
 
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 


terça-feira, 31 de outubro de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 31-10-2017



Recebida por Jane M. Ribeiro

Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

A luz se faz presente para todos aqueles que redescobriram a voz do coração.

Ouvi, pois vossos corações, amados, para que vossas vidas tomem um novo rumo, para que vossas crenças limitadoras, tão enraizadas dentro do vosso ser, possam ser transformadas, para que o medo das mudanças deixe de ser uma constante, para que os ares da liberdade envolvam a todos com as bênçãos do novo tempo.

A liberdade só chega para aqueles que ousam enfrentar os dolorosos processos que tornaram suas vidas limitadas e dependentes de “algo”.

Criastes apegos, criastes amarras, criastes limitações que foram tão alimentadas até o ponto em que ser auto-suficiente se tornou algo impossível de concretizar.

A vida começou a ser olhada somente através dos olhos físicos; o olhar do coração foi completamente neutralizado e vós aceitastes como verdade a premissa de que para viver era preciso ter algo ou alguém, fora de vós, condicionando vossa felicidade a alguma coisa existente no mundo que vos cerca.

Assim criastes inúmeras dependências, e ficastes cada vez mais prisioneiros dentro de limites que foram se estreitando mais e mais.

Neste tempo o ser humano ainda busca sua felicidade no outro, sua alegria no outro, sua plenitude no outro, mas o outro sempre chega ao fim, o outro sempre está condicionado ao tempo, e a vida deixa de ser uma dádiva para se tornar um pesado fardo a carregar.

E o fardo sempre aumenta, só aumenta, e este é o tempo em que precisais vos desvencilhar desse doloroso fardo, pois vossas forças já chegam ao fim; tempo decisivo onde só existem duas escolhas: deixar-vos levar pelo mar das dores e ilusões ou ousar dar vazão a voz de vossos corações.

Sim amados, vossos corações são os únicos condutores que poderão vos retirar do mundo da escuridão, mostrando-vos o caminho da liberdade, ajudando-vos a aceitar os desafios que ele contém, dando-vos fé e determinação para nunca se render a nada que não expresse a mais pura luz do Pai Criador.

É hora de voltar para casa, para os braços do Pai, para o aconchego da Mãe, para a alegria do Filho que quer voltar a se reintegrar com todos os seus irmãos.

Segui, pois o caminho indicado pela voz dos vossos corações.

Urge reformular vossa trajetória, urge redescobrir a trilha segura que leva a fonte, onde à clareza da mente e a pureza do coração se reintegram a ação consciente de viver em paz com todos os vossos irmãos.

Deixai renascer em vós a alegria de viver no novo mundo, onde a paz é um estado de ser onde reina a fraternidade, a abundância e o amor incondicional, onde todas as formas de vida convivem em harmonia, onde não existem fronteiras que separam governos, que só reconhecem seus próprios interesses, religiões que se sustentam pelo medo de um Deus que está longe de ser a manifestação do amor.

Bem amados, é hora de resgatar a clareza, é hora de seguir em frente, é hora de ousar vos desvencilhar das amarras do passado; é tempo de liberdade, é tempo de redenção.

Que vossas orações sejam o alimento que sacia a fome de todos aqueles que buscam a abundância, buscam a paz e o amor incondicional.    

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 17-10-2017

 
 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Amados Filhos,
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
Vossa Mãe Terra tem expurgado de seu ventre o lixo que foi a ela impingido por toda a humanidade ao longo dos tempos.
 
É preciso, pois que seres conscientes como vós ajudem a reequilibrar vosso planeta, não só fisicamente, mas também espiritualmente.
 
Os seres elementais que sustentam a vida entre vós necessitam de amor e compreensão; enviai, pois esses atributos a esses seres invisíveis aos vossos olhos, para que as catástrofes naturais que tem gerado tanta dor e pânico entre todos vós possam ser acalmadas, para que a vida, de tudo e de todos, seja preservada e a continuidade da evolução dos reinos que habitam vosso planeta possa se concretizar na luz do amor e da compaixão.
 
É tempo de a humanidade entender que seus pensamentos, sentimentos e ações geram poder e criam a realidade de suas vidas.
 
Como humanidade, ao longo das eras, tende manifestado muito mais ódio do que amor, muito mais egoísmo do que solidariedade, muito mais julgamento do que compreensão, e o somatório de tudo isso tem gerado um enorme desequilíbrio em vosso planeta, desequilíbrio que se revela através de furacões, terremotos, inundações, secas intensas e total confusão nas manifestações das quatro estações.
 
É tempo de buscar corrigir vossos pensamentos, sentimentos e ações, para tornar possível a retomada do equilíbrio em vossa Mãe Terra, que hoje, mais do que nunca, necessita da compreensão e do amor do ser humano para que possa voltar a ser o útero fértil que a todos acolhe, cuida e provê.
 
É hora de fazer a vossa parte, amados, buscando manifestar em vossas ações o equilíbrio e a compreensão que precisam ser cultivados, primeiramente, nos vossos pensamentos, para que alimentados por vossos sentimentos gerem amor, muito amor a ser derramado sobre Aquela que vos abriga e permite vossas evoluções em seu útero sagrado, desde os primórdios dos tempos.  
 
É tempo, pois de assumirdes a responsabilidade pelo resgate do equilíbrio em vossa Mãe Terra, resgatando, primeiramente, vosso equilíbrio, aquele que nasce na compreensão de que o receber nunca pode se sobrepor ao compartilhar, e que é dando e recebendo com equilíbrio que podereis resgatar a enorme dívida que tendes com vossa Mãe Terra.
 
Equilíbrio, compreensão e amor são as palavras chaves para este momento.
 
Exercitais, pois vosso equilíbrio, vossa compreensão e vosso amor, para que a Mãe Terra volte a ser um Ser que precisa também cumprir sua missão de receber, nutrir e cuidar, com equilíbrio, todos os seres que buscam nela o corpo perfeito para suas evoluções.
 
Bem amados, que vossas orações continuem a nutrir com amor, compreensão e esperança todos os vossos irmãos, para que vosso planeta e seus habitantes possam concluir rapidamente esta etapa de suas evoluções.
 
Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 


terça-feira, 3 de outubro de 2017

Mensagem de Mãe Maria - 03-10-2017


 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Amados Filhos,
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
Coragem!
 
É preciso exercitar a coragem bem amados!
 
A vida vos apresenta os obstáculos finais que precisais transpor para conquistar a vossa redenção.
 
É hora, pois de enfrentar esses obstáculos com a consciência que eles foram criados por vós, que sois responsáveis por eles, e que a única forma de transpô-los é através da compreensão dessa verdade.
 
Só assim encontrareis, no íntimo de vosso ser, o melhor caminho e a melhor atitude para dissolvê-los através do norte que vos será ofertado por vossos corações.
 
Sim, amados não existem obstáculos intransponíveis, não existem dificuldades insuperáveis, não existem limites que não possam ser transformados quando vossas almas assumem o comando, mostrando-vos como agir.
 
O agir cabe a vós, eis que viveis em um mundo onde vossos pensamentos e sentimentos devem ser manifestados em vossas ações, mas vossas ações não podem mais serem expressas pela força de vossos egos, que nada mais fazem do que sustentar vossas carências e limitações.
 
Vossas almas vos devolvem a possibilidade de colocardes um “ponto final” as vossas ilusões, resgatando a essência da verdade, verdade esta que vos levam a reconhecer o propósito que vos trouxe a este vosso mundo, e o caminho que precisais trilhar para reconquistar a tão almejada liberdade.
 
É tempo de reconhecer a prisão onde vos encontrais encarcerado, é tempo de olhar para a vida, abarcar vossos limites e resgatar a coragem de dar os passos decisivos rumo à reconquista de vossa felicidade.
 
A felicidade inexiste no mundo regido pelos limites impostos por vossos egos-personalidades.
 
É preciso avançar, amados, alimentando a fé de que sois mais do que um corpo limitado em um mundo limitado; sois ilimitados e vossa essência, a luz que sustenta vossos corpos, também é ilimitada.
 
É tempo de recuperar a consciência que sois Filho do Criador e como tal sois co-criadores, e é hora de co-criar vossa liberdade, entregando vossas decisões as vossas almas, ouvindo a voz que se revela através de vossos corações, reconhecendo que a clareza que Ela expressa vos fornece o alimento que tudo cura e provê, o alimento que sustenta a vida e que se revela através da frequência do amor incondicional.
 
Amados, não existe esperança para os Filhos da Terra que se recusam a revelar o amor que jaz quase inerte no fundo de seus corações.
 
Chegou o tempo da redenção! Mister se faz que possais vos render ao divino que sois rendendo-vos ao amor, ampliando esse amor e expandindo esse amor em todos os momentos de vossas vidas.
 
Que o amor retorne, amados, retorne com toda força e poder, para alimentar a caminhada dos Filhos da Terra.
 
Mas, lembrai-vos, que para que isso aconteça é preciso que todos vós possais reconhecer vossos limites e assumir o compromisso de não esmorecer perante as dificuldades; ao contrário, neste tempo da separação do “joio do trigo” é preciso que possais perseverar na concretização do vosso propósito de por um fim ao limite, a dor, ao sofrimento e a escassez de todos os tipos; só depende de vós, amados, de vossas atitudes conscientes de reconhecer os desafios, aceitá-los e permitir que vossas almas vos mostrem a melhor maneira de transformá-los, pautados na força do amor.
 
Cada um de vós assumiu um compromisso com o Pai antes de encarnar nesse vosso planeta.
 
É tempo de honrar vosso compromisso, reconhecendo vossos desacertos, os limites que eles criaram em vossas vidas, e na vida de vosso planeta, e a correção que só vós podeis exercitar, com vossa intenção e vossa ação, para que vosso mundo volte a refletir paz, amor, verdade e plenitude.
 
Bem amados, é tempo de por a prova vossa coragem, para que o poder ilimitado que herdastes do Pai se reflita em vossos sentimentos e vossas ações, para que vosso mundo possa ser a casa que abriga os irmãos fraternos que se reconhecem como Filhos de Deus.
 
Bem amados, que vossas orações continuem atuando em prol da elevação da consciência de toda a humanidade, para que a vibração do que Eu Sou volte a ser expressa no semblante de todos os vossos irmãos.
 
*Agradecemos a atuação de todos vós nestes 21 anos de fervorosas orações pela paz, amor e cura na Mãe Terra.
 
Eu vos deixo agora, derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 
*Mãe Maria se refere aos encontros semanais do grupo que através de orações, desde 01 de outubro de 1996, compartilha as vibrações de amor, paz e cura na Mãe Terra. 
 


segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Mensagem de Mãe Maria – 19-09-2017

 
 
Recebida por Jane M. Ribeiro
 
Amados Filhos,
 
Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.
 
O universo renova suas bênçãos de amor, paz e compaixão.
 
É preciso, pois que possais renovar vossas energias, abrindo espaço para que as novas frequências de luz possam iluminar vossas vidas, preenchendo vossos cálices, para que a totalidade do que sois possa se manifestar em vosso planeta, e em vosso universo em expansão.
 
Tudo se expande em vosso mundo, e na expansão de vossos corpos abrem-se espaços para o novo, que necessita aí se consolidar, para que a escuridão não mais encontre brechas onde se instalar devolvendo-vos a sensação do eterno vazio que sempre necessita de mais.
 
Tendes a plenitude da luz ao vosso alcance, amados, e para incorporá-la no fundo de vossas essências necessitais somente do exercício diário do amor e da compaixão.
 
Sim, amor e compaixão!
 
O amor tudo provê, e a compaixão se revela onde o julgamento foi neutralizado.
 
É preciso vigiar vossas mentes e permitir o desabrochar de vossos corações.
 
A mente cria o limite, a mente alimenta a falsa verdade de que sois pecadores, a mente vos envolve na dor e na descrença, impossibilitando o amor de florescer, neutralizando vosso poder verdadeiro, fazendo-vos acreditar no limite, na escassez, nas doenças e na inevitabilidade da morte.
 
Tudo fenece em vosso mundo.
 
Vossos corpos, vossos relacionamentos, vossos empregos, vossos amores, vossas amizades.
 
Tudo a que dais importância em vosso mundo sempre termina, sempre passa, sempre se dissolve na bruma do tempo.
 
E vós mergulhais na dor, na apatia, na descrença, na dúvida de que tudo isso possa mudar, e onde existe dúvida existe o poder do ego imperando, alimentando as sombras que não permitem que possais enxergar além do limite que a matéria vos impõe, esse mundo de ilusão que crês ser o verdadeiro mundo, o mundo da felicidade passageira e da perene desilusão.
 
Basta amados, basta de vos entregar a mente que só sabe utilizar a crítica, a dúvida e a desordem para vos fazer crer que não vale a pena lutar.
 
Sim, vale a pena lutar pela manifestação do vosso poder, da vossa essência divina, que precisa romper as últimas barreiras da ilusão para se instalar soberana nesse tempo de redenção.
 
O tempo da redenção da humanidade finalmente se aproxima de todos vós.
 
Correi, pois atrás do seu verdadeiro eu, que habita nas profundezas do vosso ser e quer fazer-se ouvir, para nortear vossos passos, para iluminar vossos caminhos, para vos revelar a outra face do viver, viver a verdadeira vida, aquela que se reflete no espelho da transparência, trazendo à tona os pensamentos compassivos, as atitudes fraternas, os sentimentos amorosos que geram uma nova realidade, a realidade onde o todo se sobrepõe ao indivíduo, onde tudo pertence ao todo, onde todos recebem e compartilham, onde o equilíbrio é perfeito e a verdade é cristalina, não deixando espaço para o egoísmo e o desamor.
 
É tempo de redenção, amados, e as profundas cicatrizes ainda existentes em vós precisam ser curadas, as dores precisam ser aliviadas, a saúde restaurada, a alegria revelada, para que a gratidão a vida emirja e se mostre como um enorme sentimento de agradecimento pela incrível oportunidade de crescer; crescer em verdade e em espírito para consolidar o sagrado neste vosso mundo em transformação.
 
Bem amados, que vossas orações alimentem o desabrochar deste novo tempo, em todas as mentes e corações.
 
Eu vos deixo agora, derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 

Related Posts with Thumbnails